5 locutores de rádio famosos para inspirar sua carreira

Quando ouvimos uma estação, é normal que a nossa atenção seja despertada ou fique aguçada no instante em que as vozes de locutores de rádio famosos surgem durante a programação, não é mesmo? Afinal, eles são as maiores referências na radiodifusão, seja pela credibilidade, seja pelo carisma que eles transmitem no ar.

Alguns exemplos típicos desse “fenômeno” são facilmente encontrados nas programações esportivas e jornalísticas. Em ambas as áreas, o ouvinte pode se lembrar do emblemático José Silvério narrando um gol do seu clube de coração, bem como de Ricardo Boechat comentando notícias de impacto.

Lembranças começaram a vir em mente por conta das menções acima? Então, prepare-se para relembrar (ou mesmo conhecer) outros grandes nomes do rádio, mais precisamente 5 deles, que, inclusive, servem de inspiração aos novos locutores. Acompanhe!

1. Milton Neves

Presumimos que Milton Neves seja um nome que você já conheça. Correto? Bom, isso não se deu por acaso. O famoso “mineiro de Muzambinho” é um dos mais influentes locutores esportivos do país, além de ser uma figura carimbada nos programas televisivos, os quais são marcados pelo bom humor.

A sua vasta carreira teve como ponto de partida a Rádio Continental de Muzambinho, passando pela Rádio Colombo, de Curitiba, à paulistana Jovem Pan, entre outras, até se consolidar na Rádio Bandeirantes AM. Convém ressaltar o talento de Milton Neves na área de marketing, algo muito importante para os profissionais da mídia.

2. Gil Gomes

Do esporte ao jornalismo investigativo, Gil Gomes marcou história como repórter policial, tanto na televisão quanto no rádio — neste último com mais destaque, evidentemente. O começo de sua carreira foi na Rádio Progresso, aos 18 anos de idade, fazendo coberturas esportivas.

Na própria rádio, o radialista formado em Direito integrou-se à equipe de jornalismo e, no fim da década de 60, assumiu a chefia do departamento. A voz marcante e o seu jeito distinto e peculiar de se expressar deram a Gil Gomes grande destaque como repórter criminal por muitos anos.

3. Inezita Barroso

Diferentemente dos demais locutores da lista, Inezita Barroso construiu a sua carreira no ramo da música, tendo estreado como profissional da rádio no início dos anos 50, quando foi contratada pela Rádio Bandeirantes.

Graças ao seu talento nato para a 1ª Arte e raízes na música caipira, Inezita Barroso ganhou prêmios importantes como cantora de rádio e realizou diversos trabalhos na televisão, onde ficou marcada apresentando o programa “Viola, Minha Viola”, na TV Cultura.

4. Graham McNamee

Se você conhece a transmissão esportiva via rádio como ela é feita até a atualidade, isso se deve ao locutor americano Graham McNamee, um verdadeiro ícone da área nos Estados Unidos. Simplesmente, partiu dele o estilo de narração “play-by-play” (jogada a jogada), como é feito até mesmo na televisão.

O feito pioneiro de Graham ocorreu na década de 1920, quando a transmissão de eventos esportivos ainda era uma novidade. Numa certa ocasião, enquanto os repórteres de campo escreviam o que viam nos jogos de baseball, Graham McNamee, em 1923, decidiu narrar todos os acontecimentos da partida.

Ao longo da carreira, o locutor transmitiu diversos eventos, incluindo lutas de boxe, partidas de futebol americano e circuitos da Indy 500. Devido ao enorme legado para o rádio, Graham tornou-se um grande ícone em seu país.

5. José Paulo de Andrade

A voz de José Paulo de Andrade, sem dúvida alguma, atravessou várias gerações nas manhãs de segunda a sexta. Com o programa “O Pulo do Gato”, apresentado pontualmente às 5h30 da manhã pelo locutor desde 1973, marcou as manhãs de muita gente.

Como boa parte dos locutores de sua geração, antes de se tornar uma referência da rádio no âmbito político-econômico, José Paulo de Andrade teve marcante passagem pelo jornalismo esportivo, quando chegou a narrar a Copa de 1970. Atualmente, ele permanece ativo na Rádio Bandeirantes.

Reconheceu todos os locutores de rádio famosos que citamos até aqui? Independentemente de qual seja a sua resposta, fica a dica: aproveite o momento para acompanhá-los (ou buscar registros) e inspirar-se ao máximo nesses eternos mestres da rádio.

Gostou do conteúdo? O que acha de levarmos cada vez mais adiante essa lista de locutores? Compartilhe a publicação com os seus amigos nas redes sociais!

Comentários

Leia também:  Formação de equipes na rádio: como vencer esse desafio?
Posted in:
Sobre o autor

Bruno Faria

Publicitário por formação, atua no setor de Marketing da Teletronix, uma empresa desde 1996 no mercado de radiodifusão, produzindo equipamentos para emissoras de rádio e TV.