5 passos para um processo de contratação em rádios!

O quadro de profissionais em uma emissora de rádio é bastante variado, podendo contar com radialistas, jornalistas, publicitários, vendedores de anúncios, sonoplastas, dentre tantos outros. E para garantir que essas vagas sejam preenchidas por pessoas qualificadas e comprometidas, saber fazer um processo de contratação em rádios é fundamental.

Por isso, elaboramos uma lista com 5 passos que você deve seguir para garantir uma excelente equipe em sua emissora. Continue a leitura e confira.

1. Divulgue bem a vaga

O primeiro passo para um processo de contratação é a correta divulgação da vaga. Para isso, pode-se usar espaços durante a programação da própria emissora, comprar anúncios em jornais de grande circulação ou divulgar em grupos de emprego no Facebook ou outras redes sociais.

Independentemente da plataforma escolhida, o mais importante é o conteúdo da mensagem. É importante que seja esclarecida a formação e capacitações exigidas e as atividades que o profissional irá desempenhar na rádio. Isso é benéfico tanto para quem está realizando o processo seletivo, como para o candidato que não enviará currículo e não perderá tempo em entrevistas caso não possua o perfil adequado.

2. Selecione os currículos com atenção

Outra tarefa muito importante para uma boa contratação é a seleção dos currículos enviados, que deve ser bastante rigorosa. Desse modo, você deve descartar aqueles currículos que não cumprem os requisitos exigidos para a vaga.

Nessa seleção você também deve avaliar as atividades profissionais anteriores que o candidato teve, qual a sua familiaridade com o rádio etc.

Powered by Rock Convert

3. Defina as fases do processo seletivo

Processos seletivos muito longos não são recomendados, pois além de causar o incômodo do candidato ter que se deslocar até a emissora muitas vezes, também pode acontecer de um concorrente encontrar outro emprego nesse meio tempo.

Sugere-se que os processos seletivos tenham no máximo 3 etapas, que podem ser uma entrevista com o recrutador, um teste prático e uma entrevista mais detalhada com o supervisor geral ou gerente da emissora de rádio.

4. Faça entrevistas individuais

Tem se tornado comum empresas de variados segmentos adotarem as entrevistas coletivas em processos seletivos. No entanto, os profissionais de recursos humanos não recomendam essa metodologia.

Pessoas mais tímidas podem ficar inibidas em frente a outros candidatos e acabarem não mostrando todo o seu potencial. Além disso, podem se sentir amedrontadas por um oponente forte e pecar pelo nervosismo.

5. Avalie a experiência e o interesse na área do rádio

Outro ponto importante, que deve ser observado, é buscar entender porque o candidato tem interesse em atuar numa emissora de rádio. No caso de pessoas que já trabalharam em outras rádios, recomenda-se que seja solicitada uma explanação de como eram as tarefas e como foi essa experiência.

Para quem nunca trabalhou em rádio, mas procura por uma vaga, como estudantes ou jornalistas formados, é permitido perguntar por que eles têm interesse em seguir carreira no rádio e não em outras áreas do jornalismo como a televisão, os jornais impressos ou os portais de notícias na internet.

Se você seguir esses 5 passos, temos certeza que conseguirá fazer um excelente processo de contratação em rádios. Caso tenha ficado com alguma dúvida ou queira compartilhar alguma experiência conosco, utilize o espaço abaixo e deixe um comentário.

Comentários

Posted in:
Sobre o autor

Bruno Faria

Publicitário por formação, atua no setor de Marketing da Teletronix, uma empresa desde 1996 no mercado de radiodifusão, produzindo equipamentos para emissoras de rádio e TV.

Deixe uma resposta