Faça o planejamento de manutenção em emissoras em 6 passos

Cuidar da manutenção em emissoras não é uma tarefa muito simples, porém, essa atividade é fundamental para manter a qualidade da transmissão. Afinal, os equipamentos precisam ser revistos e ajustados regularmente, evitando que percam algumas características importantes.

Neste artigo, mostraremos os passos fundamentais de como fazer um planejamento de manutenção em emissoras. Confira!

1. Crie um plano

Para que tudo ocorra de forma positiva, é necessário criar um plano de manutenção. Nele, você definirá o que precisa ser feito em cada equipamento, qual será o orçamento para essa atividade e os benefícios que ela pode gerar, além de outros fatores.

2. Realize um inventário de todos os equipamentos ativos

Essa fase é fundamental para o sucesso nessa atividade. Realize um inventário completo dos equipamentos ativos da sua emissora. Sem conhecer o que está em suas mãos, fica muito complicado realizar as manutenções no tempo correto. Por isso, é fundamental saber exatamente quais dispositivo estão na sua emissora.

3. Crie um procedimento de manutenção

A criação de um procedimento de manutenção também é importante. É possível, por exemplo, definir a atuação apenas nos ativos que tiveram ocorrências durante o período de um ano. Além disso, é interessante realizar a limpeza e os ajustes com desmontagem parcial dos demais equipamentos, de acordo com o que é orientado pelo fabricante.

4. Estabeleça um cronograma do plano

Com a aprovação do planejamento, defina a frequência com que as revisões e manutenções devem ocorrer. Estabeleça datas e quais atividades devem ser realizadas em cada uma delas, quem estará responsável por cada etapa e os equipamentos que passarão pela manutenção.

É importante fixar esses períodos para que a emissora possa se preparar para a não utilização de determinado equipamento em tal dia, buscando outras soluções e substituições, se necessário.

5. Treine a equipe

A orientação sobre a utilização correta dos equipamentos também contribui para a diminuição da necessidade de manutenções. Para isso, procure treinar a equipe, ensinando a usar os ativos de forma cuidadosa e mantendo a conservação dos mesmos.

6. Analise, ajuste e melhore

Para que a emissora continue evoluindo com o passar do tempo, é importante analisar os resultados do que está sendo feito e, caso necessário, ajustar alguma das etapas. Elaborar relatórios de acompanhamento ao final de cada etapa realizada também é útil. É responsabilidade do gestor definir os indicadores que serão acompanhados e o que deve estar presente no relatório.

Dessa forma, é possível analisar erros e acertos, assim como os pontos que podem ser otimizados, além de registrar claramente os gastos e o tempo médio de execução de tarefas específicas.

Neste artigo, vimos o que deve ser feito para melhorar o planejamento de manutenção em emissoras. Essa é uma atividade importante e que contribui para manter a qualidade das transmissões, além de evitar gasto com reparos em equipamentos com problemas mais delicados. Por isso, vale a pena se organizar e montar um plano detalhado para a realização dos reparos.

Quer saber mais sobre isso? Então, entre em contato conosco e conheça como a Teletronix disponibiliza uma equipe qualificada para oferecer aos seus telespectadores a melhor transmissão e, ainda, trazer lucratividade para a empresa!

Comentários

Sobre o autor

Bruno Faria

Publicitário por formação, atua no setor de Marketing da Teletronix, uma empresa desde 1996 no mercado de radiodifusão, produzindo equipamentos para emissoras de rádio e TV.