Sistema de Compartilhamento de TV Digital (1 a 6 Transmissores)

Sistema de Compartilhamento de TV Digital (1 a 6 Transmissores)

Sistema de Compartilhamento de TV Digital Composto de Rack de Compartilhamento para 6 transmissores de TV digital de até 50 Watts de potência, de forma a operarem totalmente independentes uns dos outros em forma de gavetas verticais destacáveis pelo painel frontal. Totalmente escalável de maneira a ir acrescentando novos transmissores de um a seis, somente com o acréscimo do Transmissor e seus respectivos filtros, onde no rack tenha instalado um combinador de RF Analógico em UHF de impedância constante capaz de receber 11 filtros de 5 pólos com dois nots em máscara sub crítica, com conectores tipo “N” fêmea.

REF: ONESHARE Categorias: , ,

Sistema de Compartilhamento de TV Digital Composto de Rack de Compartilhamento para 6 transmissores de TV digital de até 50 Watts de potência, de forma a operarem totalmente independentes uns dos outros em forma de gavetas verticais destacáveis pelo painel frontal. Totalmente escalável de maneira a ir acrescentando novos transmissores de um a seis, somente com o acréscimo do Transmissor e seus respectivos filtros, onde no rack tenha instalado um combinador de RF Analógico em UHF de impedância constante capaz de receber 11 filtros de 5 pólos com dois nots em máscara sub crítica, com conectores tipo “N” fêmea. Este combinador é concebido com dois módulos, um para as entradas dos filtros, concebido com cinco combinadores híbridos de três dBs dispostos em linha com 10 entradas com conector tipo “N” fêmea e dez saídas com o mesmo conector tipo “N”fêmea, juntamente com cinco cargas de RF DC a 1 GHz de no mínimo 10 Watts de potência com conector tipo “N” macho, e para as saídas dos filtros, cinco combinadores híbridos de três dBs com entradas e saídas com conectores tipo “N” também concebidos em forma de linha onde na saída do mesmo sairá a conexão para a antena com conector final tipo “N” fêmea. Este conjunto combinador de RF Analógico em UHF, de impedância constante está conectado ao topo do rack com conector de saída geral tipo Flage EIA 7/8 de 50 Ohms.

O Rack possui entrada de energia 110/220VAC bifásica com conector de três pinos, sendo fase-fase e neutro e terminal de terra. Possui protetor de rede onde em sua entrada possui quatro varistores com tensão de operação superior a 250 VAC, devidamente protegido cada um com fusível de 10 Ampéres cada, centelhador de pontas, bobina de passagem entre sua entrada e saída doze espiras de fio sobre núcleo de ferrita. A placa de circuito impresso desse protetor de rede é comprendida com centelhadores, tanto na parte de cima como na de baixo, e é composta de fibra de vidro de dupla face. Em sua saída possui seis varistores com tensão de operação superior a 250 VAC devidamente protegido cada um com fusível de 10 Ampéres cada, e centelhador de pontas. Nesta saída devera estar contido a ligação dos cabos, seis ligados a seis disjuntores independentes, que irão alimentar os seis transmissores que estarão instalados no Rack.

Possui também distribuidor de antenas GPS com 1 entrada e 6 saídas, com conectores BNC fêmea. Cada porta onde conterá cada um dos seis transmissores possui estrutura tal, que pode ser inserido um cadeado a fim de proteger o respectivo Transmissor contra roubo, troca de configurações, etc.

O Rack permite entrada superior de energia elétrica através de furo específico. Possui ainda em seu painel frontal seis disjuntores de 10 Ampéres cada um, para ligação individual de energia a cada um dos seis transmissores que poderão estar instalados nele.

Possui duas entradas de ar lateral em sua parte inferior contida com filtro de poeira que podem ser destacados facilmente para limpeza. Em seu topo, possui saídas de ventilação adequadas ao seis transmissores que poderão estar contidos no rack.

Os Transmissores desse sistema são devidamente Homologados na ANATEL,constando em sua Homologação a possibilidade de operação de 400 a 800 MHz e as seguintes designações de emissões: 5M70V7W, 5M56G7W, 5M56D7W para operação em UHF.

Os Transmissores operam de forma vertical, com entrada de ar em sua parte inferior, cujo fluxo do ar advém da parte de baixo e sai pela parte de cima, a fim de refrigerar seu módulo de potência com entradas de ar inferiores e saídas superiores.

Possui saída de sinal em seu painel traseiro com conector tipo “N” fêmea 50 Ohms com respectiva saída de testes em 50 Ohms e nível de 50dBc, entrada de energia elétrica rede 110/220 pelo painel frontal com tomada fêmea de três pinos, chave liga desliga em seu painel frontal, possibilidade de operação com cartão decriptador nos formatos Conax Irdeto Bis e Nagra com cartão inserido pelo painel frontal, possibilidade de estar equipado com entrada BTS em formato IP através de conector RJ-45, possibilidade de ser equipado com receptor de satélite DVB/S-S2 Bandas “C” e Ku com entrada de antena (LNB) pelo painel frontal com conector tipo “F” fêmea.

Em seu painel frontal, possui plaqueta de homologação de acordo com as Normas da Anatel. Esta plaqueta pode ser vista pelo painel frontal mesmo com a tampa frontal fechada e trancada com o cadeado, a fim de facilitar a fiscalização da Anatel. Possui ainda duas entradas de sinal ASI para sinais TS e BTS no painel frontal. Possui entrada de sinal GPS para possibilitar estabilidade de frequência do sinal de transmissão menor que 1 Hertz, com conector tipo BNC fêmea, saída de sinal TS e/ou BTS provenientes das entradas: ASI, receptor de satélite, entrada UHF, entrada BTS Ethernet com conector tipo BNC fêmea. Possui ainda porta tipo USB para configuração do Remux Interno, entrada de sinal UHF para retransmissão em outro canal de sinal digital com Nível mínimo de recepção de – 80dBm em 50 Ohms e conector tipo BNC fêmea.

Conta com saídas de sinais analógicos para telemetria em conector tipo DB-fêmea dos sinais de potencia direta, potência refletida, tensão e correntes das fontes internas, sistema de telemetria embarcada com sistema WEB Server e SNMP com conector RJ-45 porta Ethernet.

O Transmissor possui alça no painel frontal para retirada da gaveta do rack bem como pino de aterramento em seu painel frontal. Dispõe de display no painel lateral do transmissor, onde pode-se efetuar as seguintes medidas: potência direta, potência refletida, tensão de todas as fontes internas, bem como correntes do modulo de potência, configurações locais de todos os parâmetros da recepção de satélite, do sinal do ar UHF para retransmissão digital em outro canal, cartão CAM, medida do tempo de operação do Transmissor, ajustes do relógio interno, data e hora bem como dia da semana, indicação de alarmes com marcação de qual alarme em que dia e hora ocorrera.

Possui Remux interno a fim de remultiplexar o sinal recebido das entradas ASI de Satélite e entrada UHF, sendo ainda possível operação com descompressor de BTS para a entrada de satélite com configuração de canal virtual. O sistema está devidamente licenciado pelo detentor da patente do Descompressor de BTS (Inova Unicamp), do qual tal licenciamento acompanha o sistema.

Possui no sinal digital MER típica superior a 35dB´s para a potência de operação. As dimensões das entradas dos transmissores do sistema não poderão ser maiores que: Largura 98 mm, Altura 416 mm, Profundidade 477 mm e todo o conjunto do rack não deve ser maior que: Altura 770 mm, Largura 735 mm e Profundidade de 1.200mm.

Comentários

– Detalhes Técnicos (com fotos)

Comentários