Planejamento estratégico em rádios: saiba como fazer!

Mesmo com novas tecnologias, a internet e a popularização da TV a cabo, o rádio continua vivo e ainda possui ouvintes fiéis. Com uma audiência de mais de 50 milhões de pessoas, essa mídia oferece ótimas oportunidades de crescimento.

No entanto, não podemos esquecer que no rádio, como em qualquer mercado, planejar é fundamental. Nesse sentido, o planejamento estratégico em rádios se mostra uma importante ferramenta de desenvolvimento, pois por meio dele é possível definir metas e traçar planos de crescimento compatíveis com a realidade do negócio.

Elaboramos este artigo para lhe explicar o que é efetivamente um planejamento estratégico, quais são os seus tipos e quais pontos devem ser levados em consideração na hora de fazer o seu. Continue a leitura e e fique por dentro do assunto!

O que é um planejamento estratégico?

O planejamento estratégico é um processo no qual são apontados objetivos e metas para o desenvolvimento de um negócio. Ele inclui a definição dos resultados desejados em um determinado prazo, bem como a escolha das estratégias que serão utilizadas para atingir o crescimento.

Um bom planejamento estratégico normalmente se inicia com a análise do cenário atual. A gestão da empresa precisa saber como seus números estão para entender aonde é possível chegar e quanto tempo será necessário.

Além disso, os gestores ou donos do negócio precisam entender muito bem todas as características da empresa e do mercado no qual ela atua. Eles também precisam mostrar aos colaboradores a importância de uma boa gestão e do planejamento.

Quais são os outros tipos de planejamento empresarial?

É de conhecimento popular que o principal motivo de muitas empresas fecharem as portas com menos de um ano de atividade é a falta de planejamento empresarial — estratégico, tático e operacional. Desse modo, embora o foco deste artigo seja o planejamento estratégico, é importante falarmos brevemente sobre os outros dois tipos para que você compreenda a diferença entre eles e não se confunda na hora de aplicar a estratégia de sua rádio.

Planejamento tático

Esse é o passo que vem logo após a definição do planejamento estratégico. Em síntese, consiste em adaptar os setores da empresa para as novas metas estabelecidas e na definição dos responsáveis por cada função.

Planejamento operacional

É a parte que os planos elaborados no planejamento tático são executados. Ou seja, representa o momento em que a equipe “bota a mão na massa”. Exatamente por isso, trabalha com prazos mais curtos (entre três a seis meses).

Agora que você já conhece os 3 tipos de planejamento empresarial, voltaremos a focar no planejamento estratégico — que é o primeiro deles e a base de todo o planejamento.

Planejamento estratégico em rádios: o que considerar?

Quer fazer o planejamento estratégico da sua rádio, mas não sabe por onde começar? Fizemos uma lista com os principais pontos que precisam ser abordados para se ter um planejamento eficiente. Confira essas dicas!

Avalie o mercado-alvo e a concorrência

Muitas vezes, as empresas são influenciadas por fatores externos que estão fora de alcance. No entanto, embora não seja possível mudá-los, é preciso conhecer o cenário externo para tomar decisões mais acertadas.

Identifique seus concorrentes e seu público-alvo e analise as características de ambos. Faça pesquisas de mercado, entenda o que os ouvintes desejam e observe os pontos fortes e fracos das outras rádios. Essas informações servirão como base para todas as decisões no seu planejamento.

Leia também:  Segunda emissora a migrar é cliente Teletronix!

Desenvolva planos de ação

Os planos de ação são como desdobramentos das estratégias em metas. Dito isso, tenha em mente que um bom planejamento precisa ter cada um de seus planos de ação documentados para que os objetivos sejam alcançados. Para tanto, é importante detalhar:

  • o que fazer;
  • por que fazer;
  • como fazer;
  • em qual prazo será feito;
  • quem serão os profissionais responsáveis pelo que será feito;
  • qual é o custo da execução.

Esse modelo apresentado acima — conhecido como “modelo 5W1H” — é muito utilizado por grandes empresas e, se bem empregado, pode favorecer o planejamento da sua rádio.

Atraia anunciantes

Agora que você já sabe como criar um plano de ação eficaz, defina uma meta progressiva de arrecadação com anúncios e desenvolva formas de atrair empresas interessadas em fazer publicidade no rádio. Mostre a elas as vantagens de anunciar em rádio, como o baixo custo e o grande alcance.

Tenha um plano de modernização

Como o planejamento é feito para o longo prazo, é importante criar um plano para modernização da sua rádio. Defina um orçamento para investir em novos equipamentos e lembre-se de que a qualidade da sua transmissão afeta diretamente a avaliação dos ouvintes sobre a sua rádio.

Planeje a fidelização de ouvintes

A fidelização de ouvintes é um fator chave para a prosperidade de uma rádio. Por isso, invista em conteúdo de qualidade e foque em táticas para conseguir mais ouvintes e fidelizar a audiência deles.

Defina metas de audiência

A definição de metas é o ponto central do planejamento estratégico em rádios. Nesse contexto, a meta de audiência tem papel de destaque. Defina metas realistas baseadas em seus números atuais. Se você conhece o seu público-alvo e a concorrência, então você será capaz de desenvolver métodos que garantirão a audiência da sua rádio.

Invista em estratégias mais viáveis e assertivas

Para saber se uma estratégia é viável, antes de mais nada é preciso definir quais indicadores (métricas) permitirão avaliar e mensurar se as ações têm alcançado os resultados esperados. Se o seu objetivo é atrair e fidelizar a audiência, por exemplo, uma boa métrica para demonstrar quanto a aquisição de um novo ouvinte custa para os cofres da rádio pode ser o CAC (Custo de Aquisição de Clientes).

Ao saber qual o valor de cada ouvinte, você saberá quanto terá de investir para aumentar a sua audiência. Assim, se você pretende atrair e fidelizar 10 mil novos ouvintes e o CAC é de R$ 5, você precisará fazer um investimento em torno de 50 mil para atingir o objetivo (R$ 5 x 10.000).

Percebe como a análise de indicadores permite a criação de metas mais viáveis e assertivas? Portanto, defina agora mesmo quais métricas serão utilizadas em suas estratégias!

Monitore os resultados

Como vimos no tópico anterior, o monitoramento dos indicadores é tão importante quanto a definição de metas. Assim, embora o planejamento estratégico normalmente seja desenvolvido em longo prazo, a medição de resultados deve acontecer desde o primeiro momento.

Por fim, devemos lembrar que um planejamento estratégico bem elaborado jamais será uma perda de tempo. Ele é capaz de mudar a realidade de um negócio e trazer excelentes resultados para a rádio. Muito interessante, não é mesmo? Você gostaria de acrescentar algo à discussão? Compartilhe sua opinião deixando o seu comentário!

Comentários

Posted in:
Sobre o autor

Bruno Faria

Publicitário por formação, atua há mais de 4 anos no setor de Marketing da Teletronix, uma empresa com mais de 20 anos produzindo equipamentos para emissoras de rádio e TV.

Deixe uma resposta