Como garantir a transmissão da rádio sem energia?

Vamos imaginar a seguinte situação: a transmissão da rádio está funcionando no horário de pico, o qual rende mais audiência e publicidade. De repente, eis que o fornecimento de energia elétrica é interrompido. Por conta do ocorrido, a transmissão sai do ar por um longo período de tempo.

Não há como ignorar os prejuízos que recaem sobre a emissora em razão de eventos assim. Primeiramente, a audiência constante (ouvintes que passam boa parte do dia com o rádio sintonizado) é prejudicada ao não receber o conteúdo. Em segundo lugar, porém não menos importante, está o anunciante, que deixa de alcançar o público.

Se colocarmos à mesa as chances de a transmissão ser interrompida em virtude de quedas de energia, de modo que a estação fique dependente do provedor, não há dúvida alguma de que a sua reputação fica propensa a piorar. Logo, assegurar a continuidade é uma missão crucial.

Há como manter a rádio funcionando mesmo sem energia elétrica? Sim. Isso é possível graças às fontes de alimentação disponíveis no mercado. Quer saber mais a respeito? É só continuar a leitura deste artigo.

Por que utilizar fonte de alimentação adequada para transmissão da rádio constante?

Existem fontes de alimentação específicas para garantir a continuidade de uma transmissão de rádio. O diferencial desse equipamento em relação aos modelos convencionais é o carregador de bateria, algo que acompanha somente algumas fontes do mercado.

A função do carregador é permitir que o aparelho funcione como um no-break. Ou seja, quando o fornecimento de energia elétrica é interrompido, a carga permanece sendo alimentada. Cabe ressaltar que o desempenho dessas fontes varia de acordo com o modelo.

Para que a bateria não descarregue, a própria fonte direciona uma carga flutuante (normalmente de 0,1 ampere), que estabiliza o carregamento assim que atingir os 100% sem que frequência alguma seja emitida aos aparelhos conectados à fonte.

Quais são os principais modelos distribuídos no Brasil?

O mercado para esse tipo de produto não é dos mais amplos. A maioria das empresas fabricantes são multinacionais japonesas, como Daiwa, Alinco e Yaesu, e a norte-americana MFJ. Logo, grande parte dos modelos que encontramos à disposição é importada.

Leia também:  Segredos essenciais para gestão de rádios!

Entretanto, entre os principais fornecedores está a brasileira Montel, sediada em São Paulo, cujos produtos são fabricados 100% em território nacional, detalhe que faz toda a diferença no custo do aparelho e, claro, na assistência técnica.

Alguns modelos que podem ser facilmente encontrados:

  • MTAC-1216-F, da Montel;
  • MJF-4235MV, da MJF; e
  • FP-1023, da Yaesu.

O preço dessas e de outras fontes de alimentação varia bastante conforme a capacidade e o fabricante, visto que as taxas de importação no Brasil são muito altas, mas o modelo MTAC-1216-F, por exemplo, custa em média R$ 570,00, enquanto o modelo FP-1023, da Yaesu, custa acima de R$ 1.300,00.

Que características devem ser observadas ao adquirir o aparelho?

Como explicamos mais acima, há modelos de fontes de alimentação apropriados para diversas situações de uso. Para uma estação de rádio que necessita de alta performance, é importante observar se o produto acompanha o já mencionado carregador de bateria.

O carregador não só auxilia na alimentação da bateria da fonte de alimentação, otimizando não só o tempo e o modo como o processo é feito, mas também que não haja nenhuma interferência (pico) durante a utilização, evitando o desligamento ou a reinicialização dos equipamentos.

Outro item importante a se questionar na hora de comprar a sua fonte: o chaveamento (comutação). Uma fonte chaveada oferece alto rendimento e comporta menos peso, além de oferecer maior controle de tensão, fundamental para conter anomalias no funcionamento dos aparelhos.

Atentando-se a todos os aspectos abordados neste conteúdo, não temos dúvida alguma de que a transmissão da rádio não sofrerá interferências, tornando-se muito mais confiável tanto para o ouvinte quanto para o patrocinador.

Se você está em busca de componentes e acessórios para a sua emissora de rádio ou TV, entre em contato conosco. Há 23 anos no mercado, nós temos a solução ideal para quem busca equipamentos do mais alto nível!

Comentários

Posted in:
Sobre o autor

Bruno Faria

Publicitário por formação, atua no setor de Marketing da Teletronix, uma empresa desde 1996 no mercado de radiodifusão, produzindo equipamentos para emissoras de rádio e TV.