E-commerce TV: quais as possibilidades dessa união?

Já pensou em comprar a bolsa da personagem da novela ou os óculos daquele apresentador famoso enquanto você assiste aos programas, diretamente pela televisão? Parece coisa de filme futurístico, não é mesmo? Mas isso já é possível devido à tecnologia e-commerce TV.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e descubra o que é e quais as possibilidades de investir nessa nova modalidade de negócio.

O que é e-commerce TV?

Também conhecido como T-commerce, e-commerce TV nada mais é do que uma forma de compra e consumo desenvolvida a partir da junção da TV digital com o conceito de e-commerce. Ou seja, é um modelo de negócios que une o universo do comércio eletrônico e os conteúdos de entretenimento em uma só plataforma: a televisão.

Essa tecnologia permite que o espectador compre qualquer produto ou serviço exibido na programação, sem que para isso seja necessário sair do canal ou interromper o conteúdo assistido. No princípio impossibilitada pela TV analógica e outros obstáculos técnicos, a funcionalidade da T-commerce já está sendo testada por algumas empresas.

Quais são as principais mudanças que a T-commerce trará para o mercado?

A TV digital proporcionou diversas mudanças no consumo de conteúdo. A interatividade entre emissoras e espectadores, possibilitada por essa nova tecnologia, promete revolucionar o mercado do e-commerce para todas as partes envolvidas: os consumidores, os profissionais que atuam nas empresas de bens e serviços e aqueles que atuam nas emissoras de TV.

Com a implantação integral dessa tecnologia, a TV será uma forte aliada dos sites de e-commerce e os negócios online terão ainda mais relevância para as grandes marcas. Além disso, o e-commerce TV vai possibilitar uma nova fonte de receita para as emissoras e criar eficientes oportunidades de marketing para as marcas.

Tudo isso, sem prejudicar a experiência de entretenimento do consumidor. Afinal, a divulgação estará inserida no conteúdo habitual.

O e-commerce será um dos setores mais beneficiados com essa interação. É possível usar essa ferramenta de diversas maneiras, atingindo públicos e segmentos variados de consumidores. Dos jornais aos conteúdos de entretenimento, todos os itens da programação podem representar uma oportunidade de negócios e vendas.

O consumidor ganhará a praticidade de comprar os produtos e serviços que deseja sem nenhum esforço adicional. É possível adicionar os itens no carrinho de compra a qualquer momento e finalizar a transação quando for mais conveniente.

Como se preparar para essa transformação?

Embora ainda esteja em fase de estudos e implantação, o e-commerce TV já é uma realidade que deve estar presente na maior parte dos lares brasileiros nos próximos anos. Os consumidores estão ávidos por experiências de consumo cada vez mais completas e multiplataforma e as empresas precisam estar preparadas para esse novo cenário.

Por isso, é essencial conhecer as principais tendências em avanços tecnológicos do mercado e investir constantemente no desenvolvimento de novas soluções ligadas ao entretenimento. A transição para a TV Digital, por exemplo, é o primeiro passo para contar com todos os recursos necessários para uma maior interatividade com os telespectadores.

A educação e adaptação do público para esse novo formato de consumo também deve ser constantemente trabalhada. Assim como no início do e-commerce, dúvidas e inseguranças vão surgir e o mercado precisa estar preparado para oferecer soluções.

Além disso, é muito importante ter sempre em mente que essa tecnologia está surgindo para agregar e gerar novas receitas para todos os envolvidos. Sendo assim, marcas de e-commerce e emissoras se tornam aliadas e não concorrentes.

Muito bacana, não é mesmo? Agora que você já sabe um pouco mais sobre o funcionamento do e-commerce TV, confira o nosso próximo artigo e entenda de uma vez por todas o processo de migração para a TV Digital.

Comentários

Leia também:  [EBOOK] Manual de planejamento de implantação de TV Digital
Posted in:
Sobre o autor

Bruno Faria

Publicitário por formação, atua no setor de Marketing da Teletronix, uma empresa desde 1996 no mercado de radiodifusão, produzindo equipamentos para emissoras de rádio e TV.